Seja um doador

PROGRAMAS

VOLUNTARIADO

O voluntariado contribui para viabilizar um atendimento mais humanizado aos pacientes que comparecem á nossa Instituição todos os dias, além disso, é também um exercício de solidariedade para àquelas pessoas que se interessam em doar seu tempo e atenção a quem vem á Instituição em busca de um atendimento médico.

GESTÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

A Política Institucional contribui para a definição e implementação de um adequado modelo de Gestão Ambiental no Hospital da Fundação Banco de Olhos de Goiás, visando estimular a adoção de práticas sustentáveis entre os diversos setores cujas atividades impactam no meio ambiente.

COMUNICAÇÃO

Comunicação Organizacional é o tipo ou processo de comunicação que ocorre no contexto de uma organização, seja esta pública ou privada. Fazem parte da Comunicação Organizacional o conhecimento e o estudo dos grupos de interesse de uma instituição, o planejamento de práticas de comunicação nos âmbitos interno e externo, aí compreendidos a escolha e os usos de medias empregadas, sua implementação e sua contínua avaliação.

OUVIDORIA

O serviço de ouvidoria começa no momento em que os recursos para críticas, elogios e sugestões são disponibilizados aos usuários dos serviços oferecidos dentro da Instituição. Este procedimento tem por objetivo focar na satisfação do paciente, padronizar a forma de monitoramento de satisfação tanto de internos quanto de externos, que é uma das mensurações do desempenho do Sistema de Gestão da Instituição.

PROGRAMA DE APOIO À PORTADORES DE RETINOPATIA DIABÉTICA

O Programa de Retinopatia Diabética de Lions Clubes Internacional – Programa SightFirst (Visão em Primeiro Lugar) – é o desenvolvido mundialmente através dos Lions Clubes, e tem como objetivo tratar e prevenir a Retinopatia Diabética. Em Goiás, o programa é desenvolvido pela Fundação Banco de Olhos de Goiás desde 2001, através do Serviço Social. Este já é o sexto ano do programa, que foi custeado em 75% pela FUBOG e 25% pela Fundação Internacional de Lions Clubes. A meta do programa é de cadastrar e atender cerca de 6 mil pacientes. Segundo estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 8% da população entre 30-90 anos sofre de diabetes. Em Goiás, são 450 mil diabéticos, sendo que 250 mil sabem e tratam da doença, e 200 mil ainda não sabem que são portadores de diabetes.

PROGRAMA MUNDIAL DE VISÃO 2020 - O DIREITO À VISÃO

Lançado em Genebra no dia 18 de Fevereiro de 1999, o Programa Visão 2020 é uma aliança global sem paralelos que busca tratar a cegueira prevenível até o ano de 2020. A aliança inclui a Organização Mundial da Saúde e mais 211 países. Dela fazem parte organizações não-governamentais, instituições filantrópicas, bem como outras instituições e indivíduos que trabalham com governos nacionais a fim de prevenir que 100 milhões de pessoas no mundo venham a ser cegas até o ano de 2020. Durante a Inauguração do Instituto Latino Americano de Oftalmologia (20/03/2006), o presidente da FUBOG, Sr. Zander Campos da Silva, assinou o termo de declaração de apoio ao Programa Mundial de Visão 2020 – O direito à visão, que tem como objetivo eliminar as principais causas de cegueira desnecessárias

CAMPANHA DE OLHO NA VISÃO

Através de pesquisas realizadas por cientistas e educadores nacionais e internacionais, verificaram-se inúmeros problemas com jovens e adultos, no aprendizado, por problemas de saúde, muitos destes relacionadas com a visão. Baseado nestes fatos, a Secretaria Estadual de Saúde e a Fundação Banco de Olhos de Goiás, preocupados com a qualidade de vida da população goiana, resolveram investir na Medicina Preventiva, buscando uma parceria para viabilização dos recursos financeiros e execução das atividades deste projeto que passou a se chamar “De Olho na Visão”. O projeto atendeu 24 regiões em um total de 246 municípios, viabilizando exames de acuidade visual, exames oftalmológicos e doação de óculos. 

Através de pesquisas realizadas por cientistas e educadores nacionais e internacionais, verificaram-se inúmeros problemas com jovens e adultos, no aprendizado, por problemas de saúde, muitos destes relacionadas com a visão. Baseado nestes fatos, a Secretaria Estadual de Saúde e a Fundação Banco de Olhos de Goiás, preocupados com a qualidade de vida da população goiana, resolveram investir na Medicina Preventiva, buscando uma parceria para viabilização dos recursos financeiros e execução das atividades deste projeto que passou a se chamar “De Olho na Visão”. O projeto atendeu 24 regiões em um total de 246 municípios, viabilizando exames de acuidade visual, exames oftalmológicos e doação de óculos. 

A Campanha “De Olho na Visão”, iniciou em 17 de junho de 2002, e teve seu término em 13 de dezembro de 2002, alcançando seu objetivo em apenas 06 meses. No dia 19 dezembro de 2002, no salão Rio Tocantins do Castro’s Park Hotel, foi realizada a solenidade de encerramento da “Campanha de Olho na Visão”. Estiveram presentes o Secretario de Estado da Saúde do Estado de Goiás, Dr. Fernando Passos Cupertino de Barros, além de prefeitos, médicos e funcionários da Secretaria de Estado da Saúde e Fundação Banco de Olhos de Goiás, que participaram da Campanha. Na oportunidade os prefeitos e seus representantes receberam Certificado comemorativo a Campanha juntamente com o Relatório de Acuidade Visual e CD, contendo o atendimento realizado nas Escolas de seus Municípios.

Rolar para o topo